domingo, 10/01 | www.facebook.com/camaramunicipaldemafra

Concerto de Ano Novo

Coro Infantil SEMÍNIMOS & Coro de Câmara OUTROS CANTOS
O registro está fechado
Concerto de Ano Novo

Time & Location

10/01, 16:00 – 17:15
www.facebook.com/camaramunicipaldemafra

About the Event

CORO INFANTIL SEMÍNIMOS

Direção:

Rita Filipe

REPERTÓRIO:

Chove. É dia de Natal.

Carlos Garcia

Si je n’y venais pas

Pauline Viardot (adaptação)

Linda noite de Natal

Tradicional Portuguesa (Algarve)

O inverno está a chegar

Margarida Fonseca Santos

Mira-me Miguel

Tradicional Portuguesa (Trás-os-Montes)

Broas de mel

José Carlos Godinho

SEMÍNIMOS

Nasceu em 2019, com o objetivo de dar resposta ao interesse da comunidade de Mafra pela música e pelo canto desde tenra idade, e estreou-se neste mesmo ano sob a direção do maestro, Alberto Araújo.

Desde setembro de 2020 que conta com a maestrina Rita Filipe e este será o seu concerto de estreia na direção.

O coro integra crianças dos 7 aos 12 anos e apresenta-se a capella ou acompanhado ao piano, aliando o canto ao movimento e percussão corporal.

O coro Semínimos tem como principal missão participar em atividades festivas e comemorativas e oferecer a sua música coral a todas as pessoas.

Rita Filipe 

Iniciou os seus estudos musicais aos 7 anos na Escola de Música de Malveira. Desde os 10 anos tem feito parte de vários coros do Distrito de Lisboa, entre os quais os SOLinSI - coro do qual foi co-fundadora e no qual tem trabalhado em colaboração na direção artístico-pedagógica e produção; Nova Era Vocal Ensemble; e Ensemble Vocal Aura. Com estes grupos teve a oportunidade de participar em Festivais Nacionais e Internacionais, nos quais teve masterclassses de técnica vocal e direção coral.

Foi aluna do Conservatório de Música de Mafra no qual terminou o 5º grau do curso de piano. Além de organista, foi maestrina do Coro Paroquial de Santo Isidoro e violinista da Orquestra Sinfónica de Jovens de Santo Isidoro, onde veio a colaborar como professora.

Apresentou-se, em 2019, como solista no Gloria de Vivaldi, no Panteão Nacional, e no Convento Nacional de Mafra, sob a direção do maestro João Barros. Colaborou com várias orquestras e bandas filarmónicas a destacar: Lisbon Film Orchestra e Emsemble MPMP. Teve o prazer de participar com mezzo-soprano, na Maratona XXI – Concurso para Nova Óperas (OperaFest Lisboa - 2020), onde pode trabalhar com a maestrina Rita Castelo Branco e com o encenador António Pires. Tem vindo a participar em diversas masterclasses e aulas particulares com Andrea de Carlo, Geert Berghs, Gerson Coelho, etc.

Rita Filipe tem desenvolvido o seu percurso também pela música ligeira, tendo tido a oportunidade de cantar em diversos espetáculos tais como: Rodrigo Leão e Projecto Dois Dedos de Poesia, do grupo TEMA. 

Participou ainda em alguns espetáculos de teatro musical.

Frequentou o Curso Livre "Orientações musicais para a infância: (…) baseadas na Teoria de Aprendizagem Musical de Edwin Gordon" na Faculdade NOVA. A sua formação como professora e maestrina fortaleceu-se com a participou na Lisbon Choral Conducting Masterclass, com Pedro Teixeira e Inês Lopes. É maestrina do Coro Infantil Semínimos desde outubro de 2020.

Atualmente, encontra-se a estudar canto com António Wagner Diniz no curso completo da Escola de Música do Conservatório Nacional e a finalizar a Lincencitatura em Teatro - Ramo de Atores na Escola Superior de Teatro e Cinema.

CORO DE CÂMARA OUTROS CANTOS

Direção:

João Barros

REPERTÓRIO:

Pastorinhas do deserto

(Primeira Cantata do Natal) Fernando Lopes-Graça

Ó meu menino Jesus

(Primeira Cantata do Natal) Fernando Lopes-Graça

Sure On This Shining Night

Morten Lauridsen

Do varão nasceu a vara

(Primeira Cantata do Natal) Fernando Lopes-Graça

Kyrie

(A Little Jazz Mass) - Bob Chilcott

Pela noite de Natal

(Primeira Cantata do Natal) Fernando Lopes-Graça

Os pastores em Belém

(Primeira Cantata do Natal) Fernando Lopes-Graça

Cantique de Jean Racine

Gabriel Fauré

Moradoras desta casa

(Primeira Cantata do Natal) Fernando Lopes-Graça

Coro de Câmara Outros Cantos

Teve a sua origem em setembro de 2009, pela concretização de um objetivo comum partilhado: o de interpretar e

divulgar música coral polifónica nas suas variadas vertentes e contextos.

Fundado pelo maestro Jorge Afonso, o Outros Cantos é um coro misto, organizados em quatro naipes vocais

distintos.

Interpretando a cappella ou em colaboração com instrumentistas, o coro interpreta diversos estilos musicais de

períodos históricos distintos, desde o Renascimento à música coral contemporânea.

Em 2010 participou no I Festival de Música de Santa Maria, um evento realizado na Igreja histórica de Santa Maria,

Sintra. Este festival, com três edições realizadas, contou com a colaboração de coros, intérpretes, solistas e

instrumentistas, provenientes de todo o país, tendo originado, em 2014, o Festival Sintra Incantus.

Do seu repertório fazem parte compositores como Orlando di Lasso, Tomás Luís de Victoria, D. Pedro de Cristo,

Guiseppe Pitoni, Fernando Lopes-Graça, Eurico Carrapatoso, os românticos ingleses e alemães, entre muitos

outros…

Desde novembro de 2018, o maestro João Barros assume a direção artística do Outros Cantos.

João Barros (Maestro)

Estudou piano no Conservatório D. Dinis. Frequentou o Curso de Canto na Escola de Música do Conservatório

Nacional.

Concluiu, em 2015, o Curso de Formação Musical e Direção Coral na Escola Superior de Música de Lisboa, tendo

realizado, em 2013, os estudos no Instituto Kodály (Hungria). Atualmente frequenta o Mestrado em Direção Coral na

ESML, orientado pelo Professor e Maestro Paulo Lourenço.

Durante os seus estudos trabalhou com maestros como Árpád Toth, Vasco Azevedo, Alberto Roque, entre outros.

Em 2017 foi maestro do Coro Académico de Lisboa e sob a sua direção musical no Festival Coral de Verão 2017, o

Coro da ESML ganhou a medalha de ouro e a melhor performance de peça obrigatória.

Foi ainda convidado pela companhia “World Masters in China” com intuito de realizar “masterclasses” e “workshops”

para mais de 4000 professores de música e maestros.

Dirigiu mais de 50 coros em Pequim, Shanghai, Hangzhou, Lanzhou, Tsingtao, Jinan, entre outras cidades chinesas.

Desde 2018, é fundador e diretor artístico do Coro Nova Era Vocal Ensemble, maestro do coro ISCTE-UL e do Coro

de Câmara Outros Cantos.

Share This Event