sábado, 30/10 | Mafra

inMúsica 2021 - Dan Luz al Sol

MÚSICA RENASCENTISTA E BARROCA Península Ibérica, Itália e Inglaterra
Os ingressos não estão à venda
inMúsica 2021 - Dan Luz al Sol

Time & Location

30/10, 21:30 – 22:30
Mafra, Terreiro D. João V, 2640 Mafra, Portugal

About the Event

SÁBADO | 30 outubro | 21H30 | Sala Elíptica

MÚSICA RENASCENTISTA E BARROCA

Península Ibérica, Itália e Inglaterra

A fonte musical por excelência do Renascimento são os cancioneiros que são coleções de peças vocais escritas em estilo polifónico.  As peças que serão ouvidas neste concerto foram retiradas de quatro cancioneiros portugueses e um espanhol muito importantes, compilados e publicados num período que se estende entre o último terço do século XV                e a segunda metade do século XVI. Os cancioneiros de Portugal bem como o de Espanha, o Cancioneiro de Palácio, contêm peças do ambiente cortesão dos Reis Católicos. As peças que serão hoje cantadas são representativas do repertório ibérico profano, cantado em castelhano nesta época, sendo que, estes cancioneiros contêm igualmente peças em outros idiomas, incluindo o português. As peças dos cancioneiros portugueses são, na sua grande maioria de compositor anónimo e, muito poucas, atribuídas aos compositores Pedro do Porto (Escobar) e Juan del Encina. Neste concerto, incluímos o compositor Manuel Machado que compôs principalmente madrigais                e romances polifónicos num estilo barroco precoce e em que os temas são semelhantes aos cancioneiros anteriormente mencionados. Poucas das suas obras sobreviveram (a maior parte delas foi destruída durante o Terramoto de 1755). Todos os textos das suas obras são em espanhol, e estas encontram-se em alguns dos mais importantes cancioneiros do seu tempo, tal como o Cancionero de la Sablonara.

De seguida, fazemos uma viagem a outros países e ao período posterior onde o alaúde e guitarra barroca têm um papel fundamental nas novas sonoridades. O compositor Thomas Morley foi um dos principais madrigalistas ingleses. O Madrigal é uma peça de estilo polifónico que varia entre duas a oito vozes e foi desenvolvido entre o período renascentista e o Primeiro Barroco. De Inglaterra seguimos para Itália e entramos no ambiente barroco com Claudio Monteverdi que foi um dos primeiros compositores a compor Ópera com o seu Orfeo. Hoje, apresentamos um dueto amoroso da ópera L’Incoronazione di Poppea e um moteto para voz solista da famosa coleção veneziana Ghirlanda Sacra de 44 motetos para voz solista. 

Terminamos o concerto com o regresso aos cancioneiros portugueses, desta feita de Paris e Belém que são os cancioneiros com menor número de peças em comparação com os Cancioneiros de Elvas e Lisboa.

Dan Luz al Sol

Ensemble criado em Agosto de 2020.

Composto por três a quatro vozes, acompanhado por teorba, guitarra barroca e percussão.  Cantores, outrora, pertencentes ao Coro Gulbenkian e com vasta experiência vocal.

O Ensemble dedica-se exclusivamente a repertório renascentista e barroco e apresentou-se em concerto no Museu de Lisboa, integrado no Festival de concertos de Verão, na Capela do Paço Ducal de Vila Viçosa na Temporada de Concertos organizada pela Fundação da Casa de Bragança. Em Dezembro, fará parte do Programa de Natal organizado pela EGEAC.

Patrycja Gabrel | Soprano

João Sebastião | Tenor

Fernando Gomes | Barítono e Percussão

Helena Raposo | Teorba e Guitarra Barroca

BILHETES E INFORMAÇÕES

Munícipes ou menores de 23 anos - 3€

Publico em geral - 5€

Os bilhetes podem ser adquiridos:

*Postos de turismo de Mafra e Ericeira

*ww.ticketline.pt

*Claustro Sul

duas horas antes do início de cada concerto.

Entrada para os concertos é feita pelo Claustro Sul do Real Edifício de Mafra.

O Uso de máscara é obrigatório durante os concertos.

Mais informações:

Telef. 261 817 170 | www.cm-mafra.pt

Share This Event